top of page

WOW

STORIES

Logo Elephant Skin - Head - Pink.png

SCROLL DOWN

Aqui tornamos o mundo menor: como é ter liberdade e trabalhar de onde quiser?

Somos uma empresa global e por aqui, temos mais de 100 pessoas espalhadas por 30 cidades ao redor do mundo.

Como plataforma criativa voltada ao mercado imobiliário, um dos nossos objetivos é continuar atraindo os melhores talentos, sem barreiras geográficas e proporcionar para esses profissionais oportunidade de expansão, liberdade e de poder trabalhar de qualquer lugar do mundo. Por aqui optamos por romper barreiras e apoiar todos os benefícios que o remoto pode trazer para uma jornada de crescimento profissional e pessoal.

Manter uma equipe engajada no remoto é um desafio, sobretudo, no que diz respeito à comunicação e troca com o time. Por aqui nossa equipe lida com pessoas de culturas totalmente diferentes, fuso horário divergente, que têm filhos e não, de idades e experiências de vida distintas, por isso autonomia e liberdade é uma virtude da ES.

Nós nascemos remoto e utilizamos softwares para nossa comunicação e gestão, como Slack e Asana. Contamos também com um departamento de TI integrado a todos os processos da empresa, dando o suporte necessário para que todos os profissionais possam desenvolver seu trabalho com qualidade.

A Production Manager na ES, Laura Echeverry, nasceu na Colômbia, atualmente vive em Buenos Aires/Argentina e enxerga no trabalho remoto uma flexibilidade que lhe proporciona qualidade de vida:

“Com o trabalho remoto, consegui retomar meus estudos, desenvolver novas habilidades e explorar novos hobbies. Quando entrei na ES, há um ano e meio, sabia que o trabalho seria 100% remoto, mas isso não afeta em nada minha proximidade com o time, pois conversamos diariamente para alinhar o que precisa ser realizado e, além disso, estou sempre em contato com os clientes”, compartilha.

Home Office X Trabalho Remoto: aqui na ES existe liberdade para fazer essa escolha

Pesquisa global realizada pela consultoria Gartner, mostrou que em 2022, 31% de todos os trabalhadores do mundo seriam remotos (uma mistura do modelo híbrido e totalmente remoto), o que tem impactado em uma reavaliação e preparo da infraestrutura de TI para a plena adaptação aos modelos de negócios digitais.

Trabalhar home office ou remotamente não é a mesma coisa e não se trata de um modelo “melhor” do que o outro, mas de duas formas diferentes de trabalhar que estão ligadas às necessidades e escolha das pessoas, respeitando a cultura da empresa.

O home office é uma das modalidades dentro do trabalho remoto, porém não pode ser considerado remoto por isso.

Segundo o Inc., o home office pode ser exemplificado no contexto em que o profissional pode ficar alguns dias trabalhando de sua casa durante a semana ou por determinado período, de acordo com as suas necessidades.

Também funciona como uma “quebra na rotina”, em que é possível trazer o laptop do trabalho para casa, por exemplo, mas ainda assim, existe a estrutura física do escritório.

Já no remoto, também tratado como “Anywhere Office”, é o trabalho que pode ser realizado de qualquer lugar do mundo e o tempo todo “fora do escritório”. O profissional pode trabalhar de sua casa, em um espaço coworking, num café, ao ar livre, onde quiser.

Porém, existe uma cultura diferente quando se trabalha de forma remota, que envolve a capacidade do profissional de se autogerenciar como for melhor para a realidade dele, organizando seus horários e disponibilidade, equilibrando compromissos profissionais e pessoais.

Já se tratando de uma empresa com atuação global, existem particularidades como ajustar o fuso horário de acordo com cada país que interage.

Think big or go home

Por que trabalhar do seu quarto se nesse momento você pode estar em qualquer lugar do mundo? Sim, é possível! E nós estimulamos esse ‘pensar grande’ em nossa cultura.

Aqui na ES, apoiamos, inclusive, a transição de nossos profissionais, quando assim desejam, de irem para outro país, nos colocando à disposição para oferecer recursos que possam auxiliá-los a desenvolver suas atividades junto ao time.

O 3D Artist aqui na ES, Fred Chomé, atualmente está morando na Inglaterra e enxerga no trabalho remoto a liberdade como uma enorme vantagem:

"Este é meu primeiro trabalho remoto e esta experiência realmente abriu minha mente. Como estou em constante mudança, ES está sempre me apoiando com o que eu preciso para realizar o meu melhor no trabalho. Se você tem essa liberdade e as ferramentas certas, você pode trabalhar de uma cafeteria ou de um escritório WeWork sempre que quiser, mudando o ambiente e conhecendo pessoas diferentes. Você só precisa estar ciente de suas tarefas e prazos".

Se você é ou quer se tornar um Nômade Digital, a ES é esse lugar!

Laura já teve a experiência de passar dois meses na Europa visitando familiares e amigos; três meses na Colômbia; conheceu parte do time de colegas da ES fazendo uma visita ao Brasil e atualmente está nos Estados Unidos para uma temporada de dois meses. “Eu organizo meus voos e minha agenda de forma que eu esteja presente nos meus compromissos profissionais, me ajusto ao fuso horário da equipe e dos meus clientes e assim consigo conciliar meu trabalho e o lado pessoal, podendo estar mais próxima dos meus amigos e familiares, que para mim é o mais importante.”, comenta Laura. Essa flexibilidade e liberdade é uma das principais características que atraem pessoas a serem nômades digitais.

Segundo pesquisa desenvolvida pela Lonely Planet, a maioria dos profissionais que aderiram à cultura do trabalho como nômades digitais atuam em empresas ligadas à tecnologia (61%). Cerca de 70% dos profissionais nessa categoria têm idade entre 24 e 44 anos, enquanto 35% têm entre 45 e 54 anos.

O mesmo estudo mostrou que nos últimos anos tem ocorrido uma grande mudança na percepção de valor por parte das pessoas, que estão focando muito mais em experiências do que em aquisições materiais.

Para trabalhar remotamente, o profissional pode optar pelo “digital nomad visa” (que reúne o visto de turista e o visto de migrante temporário). Podem existir variações quanto ao tempo de permanência de acordo com cada país. Já, se tiver dupla cidadania, a pessoa pode ficar até seis meses fora.

O seu trabalho pode ser instrumento de liberdade

“É tão libertador. Você cresce como pessoa, conhece outras culturas e possibilidades. Adquire outra percepção de qualidade de vida que faz muita diferença. Se você tem a oportunidade de sair da sua casa, se dê uma chance. E não precisa ir tão longe. Comece por algum destino próximo, ou uma experiência de morar na praia, se for a sua vontade. Vai mesmo se sentir medo porque vale a pena”, aconselha Fred.

Aqui tornamos o mundo menor e não somos apegados a lugares. A liberdade está em nossa cultura e as pessoas são livres para ser quem quiserem e para irem onde quiserem, aprendendo, compartilhando e deixando suas pegadas de elefante por aí.


Escrito por:

Laura Echeverry Production Manager



Frederic Chomé 3D Artist

 

Gerente de Comunicação - Roberta Lemos | Estagiário de Comunicação – João Victor Campos Jornalistas - Daiana Barasa and Juliana Rodrigues | Naiá

Entrevistados – Laura Echeverry – Production Manager | Frederic Chomé – 3D Artist


*All Rights Reserved to Elephant Skin Group Corp.


Sobre Nós

Criada em Miami em 2017, a Elephant Skin oferece uma experiência de marca integrada para incorporadoras com o mais alto padrão de qualidade. Os nossos serviços incluem storytelling, renders 3D, desenvolvimento e elaboração de conceito, CGI, filmes, plantas baixas e tours interativos. Somos uma empresa para criadores e pensada para pessoas que nunca se acomodam.

6 visualizações

Comments


Elephant 3.png

Yes, we know!

You’re wondering

why Elephant Skin.

bottom of page